quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Amanhã

Amanhã o que poderá acontecer?
Será que enfim, novamente irei lhe ver?
Ou será o dia marcado para me esquecer?
Será que ainda hei de habitar esse mundo
Para que como um sonho doce e profundo
Ter a esperança de contigo estar
Ou chorarei lentamente na espera
Desse amanhã que nunca há de chegar?
Só para te encontrar;
Nossa!...
Para o amanhã muitas horas irão passar;
Muita coisa há de acontecer;
Só não a vontade de novamente poder-lhe ver.
Ah... Se eu soubesse do amanha!


(Erlei Morbeck - 2006)

4 comentários:

camis disse...

AMEI ESSE PRIMOO, E CONTINUE A PUBLICAR, PQ TODOOS OS QE EU LI ATÉ AGORA ESTÃO ÓTIMOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOS :D
DE VERDADE
S2

Anônimo disse...

amei seus versos... li todos

parabéns vc é d+

da pra ser poeta...

bjus lary!

Mile disse...

É, "amanhã pode acontecer tudo, inclusive nada!"
Adoro ler seus textos, porque por mais que
você negue, eles são o reflexo de tudo aquilo
que você não consegue admitir nem a si mesmo!
hihih...Não me odeie, por favor! te amo ♥

Erlei disse...

Mille.. Hoje tenho uma boa maturidade para assumir que você está completamente certa!! ^^
Amoo s2 >> "Ad infinitum"